segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Doe Órgãos, Doe Vida! O que a biblia diz sobre isso!

1 comentários.
Oração do Doador:

Ao Deus do meu coração e do meu entendimento, que me proporcionou um corpo saudável e um coração generoso. Fazei que, nenhuma vontade de parente ou amigo, suplante o meu desejo e determinação de ser um doador de órgãos e de tecidos. . Rogo, a todos que tiveram oportunidade e influenciaram em minha vida. Que após a minha morte, reservo-me o direito de, agradecendo ao Criador, devolver este corpo que serviu de vestimenta ao meu Ser, para que continue a servir ao meu Deus e a humanidade.
Que assim seja! Doar não dói, doe..

• O Que a Bíblia Diz?

É errado doar órgãos?
A doação de órgãos é um procedimento médico moderno que não é especificamente mencionado na Bíblia. Algumas pessoas se opõem a ele simplesmente porque é "novo" e "diferente", mas esta não é a base correta para julgar a questão. Deus deu ao homem a capacidade de pensar e inventar (veja Gênesis 4:20-22), e nunca condenou o progresso tecnológico em si.

O homem pode usar sua capacidade imaginativa para o mal. Quando o faz, é condenado por Deus (Gênesis 6:5). Mas ele também pode usar esta capacidade para o bem, como pode ser claramente visto em muitos modos de transporte que podem ser usados para espalhar o evangelho, sejam barcos ou carros da era do Novo Testamento, quer bicicletas, automóveis e aviões de nosso tempo.

Desde que e Bíblia não fala especificamente da doação de órgãos, precisamos aplicar os princípios que o Senhor ensina para julgar este método moderno de salvar vidas. Doar para o benefício de outros é sempre bom (Atos 20:35). Arriscar ou mesmo sacrificar a própria vida para salvar outra é visto como o mais elevado ato de amor (João 15:13)

A doação de órgãos é um ato de dar que raramente envolve risco para o doador, mas que pode servir para beneficiar grandemente o receptor. Em raros casos, uma pessoa viva pode ser chamada a doar um de um par de órgãos, ou tecido parcial de um órgão sadio para salvar a vida de um parente próximo. Se a doação do próprio braço direito ou o rim direito salvar a vida de seu filho, qual o pai amoroso que se recusaria? A forma da doação que é mais comum é usar o órgão de uma pessoa falecida para salvar ou melhorar a vida de uma pessoa viva. Um acidente de carro pode tirar a vida de um homem saudável cujo coração, fígado e outros órgãos podem ser usados para salvar vidas de outros. A decisão, enquanto vivo e saudável, de permitir tal doação é um ato de bondade e amor que beneficia um receptor desconhecido. O órgão que já não serve mais para a pessoa morta pode permitir a uma jovem mãe cuidar de seus próprios filhos, ou a uma criancinha chegar à idade adulta. Se, no fim de minha vida, meu coração puder bater em outro eito ou meus olhos puderem permitir a outro ver, que essa abençoada pessoa agradeça a Deus que deu ao homem a inteligência para desenvolver novos meios de salvar vidas.

Dar é abençoado.

Conclusão: Doar Órgãos é um ato de Heróis e Amor, seja como Deus pede tenha amor ao seu próximo. O egoísmo não provem do amor de Deus! Abençoe para ser abençoado! Agora para quem quer ter mais conhecimento sobre esse assunto logo abaixo esta algumas perguntas freqüentes e suas respostas. Faça alguém feliz! Faça Deus feliz!


• Doe Vida
Doar órgãos é um ato de amor e solidariedade.
Quando um transplante é bem sucedido, uma vida é salva e com ele resgate-se também a saúde física e psicológica de toda a família envolvida com o paciente transplantado. No Brasil, atingimos a marca de aproximadamente 70.000 pessoas (2007) aguardando por um transplante. Essas vidas dependem da autorização da família do paciente com morte encefálica comprovada autorizar a doação. Um gesto que pode transformar a dor da morte em continuidade da vida.
Embora o Brasil seja considerado modelo no número de transplantes realizados, o número de doadores continua abaixo do necessário. Apesar do crescimento em 2008 ocorrido após 2 anos de queda e 1 ano de estagnação em 2007, passamos de 5,4 doadores por milhão de população(pmp) para os atuais 7,2 pmp. Segundo o Registro Brasileiro de Transplantes, divulgado pela ABTO, essa taxa ainda não supera a obtida no ano e 2004 que foi de 7,3 pmp.
Em paises como a Espanha, essa relação chega a 35 pmp. A Argentina registra o número de 12 pmp

_______________________________________

O que podemos doar?

Um único doador pode beneficiar até 25 pessoas! Ou melhor, 25 vidas! No entanto, os transplantes mais comuns são assim classificados: Órgãos: coração, fígado, rim, pâncreas, pâncreas/rim, pulmão, intestino e estômago. Tecidos: sangue, córnea, pele, medula óssea, dura máter, crista ilíaca, fáscia lata, patela, costelas, ossos longos, cabeça do fêmur, ossos do ouvido, safena, válvulas cardíacas.

Damos abaixo uma lista de órgãos e tecidos que são utilizados para transplantes:
• Córneas (retiradas do doador até 6 horas dpc e mantidas fora do corpo por até 7 dias);
• Coração (retirado do doador apc e mantido fora do corpo por no máximo 6 horas);
• Pulmão (retirados do doador apc e mantidos fora do corpo por no máximo 6 horas);
• Rins (retirados do doador até 30 minutos dpc e mantidos fora do corpo até 48 horas);
• Fígado (retirado do doador apc e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas);
• Pâncreas (retirado do doador apc e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas);
• Ossos (retirados do doador até 6 horas dpc e mantidos fora do corpo por até 5 anos).
• Medula óssea (se compatível, feita por meio de aspiração óssea ou coleta de sangue);
• Pele;
• Valvas Cardíacas.

dpc - depois da parada cardíaca
apc - antes da parada cardíaca


Como posso me tornar um doador de órgãos?

O passo principal para você se tornar um doador é conversar com a sua família e deixar bem claro o seu desejo. Não é necessário deixar nada por escrito. Porém, os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. A doação de órgãos é um ato pelo qual você manifesta a vontade de que, a partir do momento da constatação da morte encefálica, uma ou mais partes do seu corpo (órgãos ou tecidos), em condições de serem aproveitadas para transplante, possam ajudar outras pessoas.


O que é morte encefálica?

É a morte do cérebro, incluindo tronco cerebral que desempenha funções vitais como o controle da respiração. Quando isso ocorre, a parada cardíaca é inevitável. Embora ainda haja batimentos cardíacos, a pessoa com morte cerebral não pode respirar sem os aparelhos e o coração não baterá por mais de algumas poucas horas. Por isso, a morte encefálica já caracteriza a morte do indivíduo. Todo o processo pode ser acompanhado por um médico de confiança da família do doador. é fundamental que os órgãos sejam aproveitados para a doação enquanto ainda há circulação sangüínea irrigando-os, ou seja, antes que o coração deixe de bater e os aparelhos não possam mais manter a respiração do paciente. Mas se o coração parar, só poderão ser doadas as córneas


Quem recebe os órgãos e/ou tecidos doados?

Quando é reconhecido um doador efetivo, a central de transplantes é comunicada, pois apenas ela tem acesso aos cadastros técnicos com informações de quem está na fila esperando um órgão. Além da ordem da lista, a escolha do receptor será definida pelos exames de compatibilidade entre o doador e o receptor. Por isso, nem sempre o primeiro da fila é o próximo a receber o órgão.


Como garantir que meus órgãos não serão vendidos depois da minha morte?

As centrais de transplantes das secretarias estaduais de saúde controlam todo o processo, desde a retirada dos órgãos até a indicação do receptor. Assim, as centrais de transplantes controlam o destino de todos os órgãos doados e retirados.


Disseram-me que o corpo do doador depois da retirada dos órgãos fica todo deformado. Isso é verdade?

É mentira. A diferença não dá para perceber. Aparentemente o corpo fica igualzinho. Aliás, a Lei é clara quanto a isso: os hospitais autorizados a retirar os órgãos têm que recuperar a mesma aparência que o doador tinha antes da retirada. Para quem doa não faz diferença, mas para quem recebe sim!


Posso doar meus órgãos em vida?

Sim. Também existe a doação de órgãos ainda vivo. O médico poderá avaliar a história clínica da pessoa e as doenças anteriores. A compatibilidade sangüínea é primordial em todos os casos. Há também testes especiais para selecionar o doador que apresenta maior chance de sucesso. Os doadores vivos são aqueles que doam um órgão duplo como o rim, uma parte do fígado, pâncreas ou pulmão, ou um tecido como a medula óssea, para que se possa ser transplantado em alguém de sua família (até 4º grau) ou até um amigo (Neste caso é necessário uma autorização judicial).
Este tipo de doação entre vivos, só acontece se não representar nenhum problema de saúde para a pessoa que doa.

Para doar órgãos em vida é necessário:
• Ser um cidadão juridicamente capaz;
• Estar em condições de doar o órgão ou tecido sem comprometer a saúde e aptidões vitais;
• Apresentar condições adequadas de saúde, avaliadas por um médico que afaste a possibilidade de existir doenças que comprometam a saúde durante e após a doação;
• Querer doar um órgão ou tecido que seja duplo, como o rim, e não impeça o organismo do doador continuar funcionando;
• Ter um receptor com indicação terapêutica indispensável de transplante;
• Ser parente de até quarto grau ou cônjuge. No caso de não parentes, a doação só poderá ser feita com autorização judicial;

Órgãos e tecidos que podem ser doados em vida:
• Rim;
• Pâncreas;
• Medula óssea (se compatível, feita por meio de aspiração óssea ou coleta de sangue);
• Fígado (apenas parte dele, em torno de 70%);
• Pulmão (apenas parte dele, em situações excepcionais).


Quem não pode doar?

• Pacientes portadores de insuficiência orgânica que comprometa o funcionamento dos órgãos e tecidos doados, como insuficiência renal, hepática, cardíaca, pulmonar, pancreática e medular;
• Portadores de doenças contagiosas transmissíveis por transplante, como soropositivos para HIV, doença de Chagas, hepatite B e C, além de todas as demais contra-indicações utilizadas para a doação de sangue e hemoderivados;
• Pacientes com infecção generalizada ou insuficiência de múltiplos órgãos e sistemas;
• Pessoas com tumores malignos com exceção daqueles restritos ao sistema nervoso central, carcinoma basocelular e câncer de útero e doenças degenerativas crônicas.


Não deixe que a doação de Órgãos vire moda.. Pois para quem precisa é muito importante!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Nada é impossivel (refletir)

0 comentários.
Quero que você reflita nesta música do Pregador Luo.. Sempre lembrando nada é impossivel.. siga sempre enfrente! Tudo que você quizer pessa a Deus! :P

Nada é Impossível - Pregador Luo (partic. Chorão)

Com os olhos de quem quer ter uma oportunidade
Com os olhos de quem quer ter uma vida de verdade
É assim que eu olho, é assim que eu vejo
Grande eu penso, grande almejo

Quem ousou conquistar e saiu pra lutar
Chega mais longe tem gente que nem quis tentar
Multiplica seus talentos, não enterra não
Se não na hora da verdade vai ser mó decepção

Tem que correr, tem que superar, pode doer, não vou
brecar
Minha ordem e progresso deixa que eu mesmo faço
Boto fé em Jah e força nos meus braços

As muralhas que eu puder eu mesmo derrubo
Aquelas que não der Deus põe no chão pra mim
Sem preconceito, nem racismo
Nem inveja nada me para antes do fim
Nem olho gordo, nem conspiração
Patifaria bate na minha porta vem cai no chão
Eu chuto pra longe toda a má vibração

Eu sou mais que vencedor
Nada nessa vida é impossível pra mim
Eu nasci pra conquistar
Nada nessa vida é impossível pra mim
Nada, nada nessa vida é impossível pra mim

[refrão]

Impossível é uma palavra muito grande que gente
pequena usa pra tentar nos oprimir
Impossível é uma palavra muito grande que gente
pequena usa pra tentar te oprimir (2x)

Mas a vida ensina, só eu sei o que passei
A vida não é fácil mas eu tô ligado eu sei
Eu sigo meu caminho tô firmão tô ai
Não há nada nessa vida que me faça desistir
São várias fitas e só segura quem é nobre
Força de vontade e pensamento forte
Erga a mão pro alto e faça diferença
Fique sempre em paz com a sua consciência

No caminho certo em direção ao futuro
Cantando com alma e sentimento puro
Música e cultura pra fugir da miséria
Uma das poucas opções porque aqui a coisa é séria

Você é o maçarico eu vou deixar a chapa quente
Eu tenho fé em Deus e o poder da minha mente
A mil e Mille anos tamo aí virando a mesa
Carta na manga pro elemento surpresa
Se disserem pra você que você não vai conseguir
Deixa prá lá deixa falar, deixa sorrir
Já disseram isso pra mim e hoje eu tô com o microfone
Porque a vida da o caminho pro sujeito homem

[refrão]

Impossível é uma palavra muito grande que gente
pequena usa pra tentar nos oprimir
Impossível é uma palavra muito grande que gente
pequena usa pra tentar te oprimir(2x)

Mas a vida ensina, só eu sei o que passei
A vida não é fácil mas eu tô ligado eu sei
Eu sigo meu caminho tô firmão tô ai
Não há nada nessa vida que me faça desistir
São várias fitas e só segura quem é nobre
Força de vontade e pensamento forte
Então, erga a mão pro alto faça diferença
Fique sempre em paz com a sua consciência

No ringue, na pista ou na vida
Eu sou especialista nós aqui não brinca
Só espartano que não foge do bang
Então cola com nós e aumenta a gangue(2x)

Bang Bang Bang Bang
Cola com nós e aumenta a gangue(2x)

Quem melhor, do quem levou na pele
Pra poder falar pro povo que ainda há uma solução
Quem melhor, do que nossa gente unida
Pra estancar essa ferida da discriminação
Quem melhor, do que os filhos da miséria
No farol a sua espera pra te deixar sob tensão
Quem melhor, do que do que?

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Faculdade .

0 comentários.
Gente esse ano faço facull.. ai que interessante!
;P
Bem apesar que sinto muita saudade da minha escola e de meus amigos..
Mais estamos ai para tudo né?!?!
Feliz 2010 a todos.. que esse ano venha esta sendo maravilhoso!

Gnotícias > notícias gospel, evangélicas, cristãs

0 comentários.
Gnotícias > notícias gospel, evangélicas, cristãs
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Dêem flores enquanto possam
apreciá-las, porque depois elas
servirão para cobrir
sepulturas..